Ir para UNISANTA








 

TEP Conquista mais Prêmios e Indicações VI Fescatre - Guarujá

Ilhas de Ser(tão) Mar


No último domingo entre os laureados no VI FESCATRE, que aconteceu durante 4 dias em Gurujá, Teatro Procópio Ferreira, o TEP, Teatro Experimental de Pesquisas, da Unisanta, conquistou mais dois prêmios com o espetáculo ILHAS DE SER(tão) MAR: o de Atriz Coadjuvante, para Kátia Balliano, e Criação Plástica, para Gilson de Melo Barros, que também assina a autoria do texto e a direção do espetáculo. Além destes, foram indicados a prêmio Fabiano Di Melo, aluno do 2º ano de Artes da FaAC, e Juliana Souza, respectivamente para ator coadjuvante e atriz coadjuvante.

Com a apresentação de espetáculo próprio, outros integrantes do TEP também se destacaram. Pela montagem do espetáculo FANDO E LIZ, de Fernando Arrabal, Emanuella Alves, aluna do 1º ano de Artes, foi indicada ao prêmio de melhor atriz, e Ernani Sequinel, também do 1º ano, levou o troféu de melhor ator, tendo ainda a direção sido indicada a prêmio em sua categoria.

O ILHAS DE SER(tão) MAR foi totalmente escrito através de sites de relacionamento oferecidos pela internet (orkut e MSN) e contou com a participação de escritores de diversas regiões do país, em que se destacam Clóvís Teodorico (Gananhus / Pernambuco), João Paulo Ferreira (Aracajú / Sergipe), Aline Perrondi (São Paulo / Capital), Fabíola Nascimento e Daniel Amarhal (ambos de Santos).

O espetáculo narra de forma não linear as insólitas desventuras de uma nada convencional heroína, Maria dos Andores, às turras com seus diversos amores e traições vertiginosas. Reflete de maneira alegórica o delicado e invariavelmente conturbado mundo das relações online. Em contraponto à atualidade do tema, apega-se a narrativa à cultura popular da literatura de cordel, estabelecendo assim um paradoxo entre a tradição e a ruptura.

A montagem tem feito sucesso pelos festivais em que tem se apresentado, acumulando 13 prêmios que destacam a excelência da sua produção e o talento dos atores que compõem o grupo, onde fazem parte do elenco Emanuella Alves, Kátia Balliano, Fabiano Di Melo, Yuri de Castro, Ernani Sequinel, Juliana de Souza e João Paulo Rivera. Participam ainda 18 alunos do curso de Artes da UNISANTA, tendo como assistentes de direção Emanuella Alves e João Paulo Rivera.

Após a passagem pelos recentes festivais, o grupo dá uma pausa no ILHAS..., voltando no próximo janeiro, para se debruçar na montagem do espetáculo do final do ano, o seu já tradicional “reisado”, o Projeto Limites – Dramaturgia para Ônibus Urbano, onde a encenação é apresentada dentro dos coletivos em movimento.

Ilhas de Ser(tão)mar conquista seis prêmios no 50º FESTA