Segurança tem prioridade máxima no Projeto

Como uma marca registrada, a segurança dos competidores e staff desponta como a prioridade máxima da Comissão Organizadora da Maratona Aquática Internacional de Santos – Unisanta / Troféu Renata Agondi, considerada também a maior competição em águas abertas do Brasil.

Bem antes de a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos ter divulgado um documento contento normas e orientações para a realização de provas da águas abertas no País, a organização do evento já havia se cercado de todas as precauções necessárias, fazendo por merecer elogios das autoridades da FINA e principalmente dos nadadores.

Desde a primeira etapa da primeira edição, os nadadores e pessoal de apoio contam com um forte esquema de segurança. Catraias e caiaques subordinados à organização, além do respaldo de embarcações da Capitania dos Portos e Corpo de Bombeiros, com destaque para a Lancha Governador Fleury, marcaram presença em grande número em todas as fases.

Ao longo das etapas, unidades de resgate do Corpo de Bombeiros permanecem em terra para qualquer eventualidade, da mesma forma que uma UTI Móvel mantém-se pronta a ser acionada. A disputa conta ainda com o patrulhamento de helicópteros da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Um hospital da Cidade também faz parte do esquema de segurança. O apoio ainda é feito por alunos das Faculdades de Fisioterapia e de Educação Física e Esporte da UNISANTA.

Participação da Capitania dos Portos de São paulo Na Travessia Renata Agondi

A participação da Capitania dos Portos de São Paulo constituiu-se em apoio prestado para a segurança dos atletas no mar, interceptando e impedindo a aproximação de embarcações que não estivessem acompanhando os nadadores, com o objetivo de evitar acidentes com os atletas.

Internet UNISANTA 2019 - Todos os direitos reservados